A exposição Extremos Líquidos faz referência ao filósofo Zygmunt Bauman, que definiu a modernidade como líquida, por sua fluidez, velocidade e dinamicidade.

Diferente de uma realidade sólida, portanto estável e imutável, para Bauman os tempos líquidos – o hoje caracterizam-se, dentre outras concepções, como uma realidade de constantes e cada vez mais rápidas transformações.

O curador da exposição de Klien, Marcus de Lontra Costa, apoia-se nessa visão para explicar a mostra, que tem como influência contestar as verdades absolutas e os limites que nos são impostos a todo momento.

Local Av Vieira Souto,176, Ipanema terça a domingo, 13h às 20h. Grátis até 20 setembro. Abertura dia 2 de Agosto.

Fonte blogbemglo.com

Foto do site allmanaque

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s